A A A
Resende: Obras de conservação

Resende: Obras de conservação

23-10-2017

Os quatro imóveis do concelho de Resende integrados na Rota do Românico estão a ser alvo, desde o passado mês de julho, de um significativo conjunto de trabalhos de manutenção e valorização patrimoniais.

Estes trabalhos, enquadrados no Plano de Gestão para a Conservação e Valorização dos Monumentos da Rota do Românico, têm como objeto a Igreja de São Martinho de Mouros, a Igreja de Santa Maria de Barrô e o Mosteiro de Santa Maria de Cárquere, classificados como Monumentos Nacionais, e ainda a Ponte da Panchorra, classificada como Monumento de Interesse Público.

Nas Igrejas de São Martinho de Mouros e de Barrô, para além da manutenção das portas exteriores em madeira, procedeu-se já à inspeção e reparação das coberturas (telhados) e, a breve prazo, será efetuada a limpeza e desinfestação dos retábulos barrocos, bem como a revisão das instalações elétricas.

Na Ponte da Panchorra estão em curso os trabalhos de desinfestação e de tratamento dos paramentos de cantaria granítica.

No Mosteiro de Cárquere foi concluída a prevista conservação das portas exteriores em madeira.

Os trabalhos descritos representam um investimento de cerca de 37 mil euros, cofinanciado em 85% pelo Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020 (Norte 2020) e em 15% pelo Município de Resende, no âmbito da operação "Rota do Românico: Património, Cultura e Turismo" apresentada pela Associação de Municípios do Vale do Sousa.

O Plano de Gestão para a Conservação e Valorização dos Monumentos da Rota do Românico prevê a implementação de uma série de medidas preventivas, que procuram minimizar a degradação dos bens patrimoniais que a integram.

Este Plano está assente numa estratégia de manutenção, baseada em inspeções regulares, que procura intervir na origem dos problemas, evitando o seu desenvolvimento.