A A A
TRANSROMANICA

TRANSROMANICA

A TRANSROMANICA nasceu no âmbito de uma candidatura submetida ao INTERREG IIIB, cofinanciada pela União Europeia, que se desenvolveu entre 2003 e 2006.

Cinco regiões europeias (a Alta Saxónia e a Turíngia da Alemanha, Modena de Itália, a Caríntia da Áustria e a Eslovénia) uniram-se para construir uma rede de locais e itinerários românicos na Europa.

Após o fim desse projeto, a TRANSROMANICA foi reconhecida como “Grande Itinerário Cultural do Conselho da Europa“, em agosto de 2007. Este importante reconhecimento esteve na base da decisão de prolongar o projeto, mantendo as parcerias já estabelecidas.

Em novembro de 2007, foi criada a associação internacional “TRANSROMANICA – The Romanesque Routes of European Heritage e.V.”, com sede em Magdeburgo, na Alemanha. Trata-se de uma organização sem fins lucrativos, com orçamento próprio, vocacionada para a promoção do património europeu associado à arte e arquitetura românicas, desenvolvendo o turismo, de forma a apoiar o desenvolvimento regional sustentável.

A Rota do Românico aderiu formalmente à TRANSROMANICA no dia 11 de dezembro de 2009, numa cerimónia realizada em Modena, Itália. A diretora do Rota do Românico, Rosário Correia Machado, integra o Conselho Executivo da TRANSROMANICA, desde outubro de 2013.

A TRANSROMANICA reúne, atualmente, associados de oito países europeus, localizados entre o Báltico e o mar Mediterrâneo: Alemanha, Áustria, Portugal, Espanha, França, Itália, Sérvia e Roménia.

Mais informações da TRANSROMANICA estão disponíveis no seu sítio da internet.