A A A

Rota do Românico: Jogos de Tabuleiro

19-07-2016

O Serviço Educativo da Rota do Românico desenvolveu, em articulação com a LuduScience, Ideias e Ciências, Lda., um conjunto de sete jogos de tabuleiro, de apoio às atividades dinamizadas nas escolas e/ou nas visitas aos monumentos.

No sítio da internet da LuduScience, poderá encontrar mais informações sobre estes jogos, incluindo atividades complementares, bem como informações (custos e contactos) para a aquisição de jogos de demonstração e para a realização de sessões de apresentação teórica, de simulação e de prática dos sete jogos em contexto escolar.
  


Jogo "Hexiamante"
O Hexiamante é um jogo de estratégia com um forte cunho geométrico. A sua conceção tem como base todas as distribuições possíveis de dois símbolos por seis lugares numa peça hexiamante hexagonal. A ligação entre a arte e a matemática é aqui evidente.

Este jogo da Rota do Românico procura abordar as simetrias, em especial os aspetos focados no programa de Matemática dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos do Ensino Básico, como frisos, rosáceas e pavimentações.

Mais informações aqui.

 

  Jogo Hexiamante.

Jogo "Estarolas"
O Estarolas pertence a um conjunto de jogos muito especial. Os Jogos Matemáticos, também conhecidos como Jogos Abstratos, propiciam uma experiência mental semelhante à prática de ativa da Rainha das Ciências.

A sua prática potencia os processos cognitivos associados à lógica, à criatividade e ao pensamento rigoroso.

Com uma bela implementação no contexto do românico, este jogo dá aos praticantes de todas as idades uma oportunidade única de experimentar uma atividade intelectual recreativa, mas sofisticada.

Mais informações aqui.

Jogo "Estarolas"

Jogo "Azumetria"
O Azumetria é um jogo que permite explorar, de forma solitária, mas divertida, as assimetrias: translação, reflexão e rotação.

Constituído por 16 peças, que representam um quarto de um azulejo, o Azumetria visa a criação de diferentes pavimentações.

Mais informações aqui.

 

Jogo "Azumetria".

Jogo "Alquerque"
O "Alquerque" foi introduzido na Europa pelos árabes oriundos do Norte de África. Foi muito praticado na Idade Média, época do estilo românico, e tabuleiros deste jogo podem ser vistos entalhados em pedra nos claustros de catedrais e igrejas.

O jogo do "Alquerque" é um desafio matemático sem fatores aleatórios. A maior parte dos especialistas considera que o Alquerque é o antepassado direto do jogo das damas.

Este jogo contou com a supervisão técnica e científica da Associação Ludus e da ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal.

Mais informações aqui.


 

Jogo "Alquerque".

Jogo "Rota"
Desenvolvido em exclusivo para a Rota do Românico, com este jogo pretende-se treinar a decomposição dos números em somas parcelares em função da melhor estratégia de jogo, ajudando a consolidar ferramentas e a ganhar automatismos indispensáveis para se poder avançar no desenvolvimento do conhecimento matemático.

A par da sua vertente matemática, este jogo permite os jogadores conhecer os monumentos que constituem a Rota do Românico, tendo assim também uma vertente histórica.

Mais informações aqui.


 

Jogo "Rota".

Jogo "Tangram"
O "Tangram" é um jogo chinês muito antigo constituído por sete peças: cinco triângulos, um quadrado e um paralelogramo.

Com o "Tangram" constroem-se figuras com variadíssimas formas, mas todas elas têm algo em comum: a mesma área. Uma vez que cada figura utiliza todas as peças não sobrepostas, o "Tangram" mostra que a decomposição de figuras é um dos métodos mais simples e intuitivo de comparar a área de figuras poligonais.

O "Tangram" é recomendado pelo Programa Nacional de Matemática do Ensino Básico.

Este jogo contou com a supervisão técnica e científica da Associação Ludus e da ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal.

Mais informações aqui.

 

Jogo "Tangram".

Jogo "Mapa"
O "Mapa" é um jogo desenvolvido em exclusivo para a Rota do Românico, que pretende reunir três pilares do conhecimento humano: geografia, história e matemática.

Pretende dar a conhecer a união dos municípios que constituem o território do Tâmega e Sousa: Amarante, Baião, Castelo de Paiva, Celorico de Basto, Cinfães, Felgueiras, Lousada, Marco de Canaveses, Paredes, Paços de Ferreira, Penafiel e Resende.

Mais informações aqui.

Jogo "Mapa".