Ponte do Arco - Rota do Românico
MARCAR VISITA

Unindo as margens do rio Ovelha, a Ponte do Arco faz jus ao nome.

Composta por um único arco, ligeiramente apontado e de grandes dimensões, assume-se como uma imponente obra de arquitetura. O seu tabuleiro forma um cavalete, inspirando-se na construção das pontes góticas.

Os mestres pedreiros que a projetaram e conceberam, ergueram os seus alicerces em dois afloramentos das margens, formulando assim uma estrutura mais robusta e segura.

Talvez sem o desejarem, acabaram por criar um exemplo de vigor e equilíbrio.

Esta harmonia só é perturbada quando se observa o intradorso da Ponte da margem esquerda, sendo possível notar o desfasamento dos silhares [pedras] de arranque, na margem direita, cuja posição foi interrompida para colocação do cimbre (estrutura em madeira que serve para o molde do arco).

Parte de uma rede municipal e paroquial de caminhos no antigo concelho de Gouveia, a Ponte do Arco representa bem o modelo de travessias locais que se disseminou ao longo da Época Moderna.


Tipologia: Ponte

Classificação: Imóvel de Interesse Público – 1982

Percurso: Vale do Tâmega

1758 - O abade de Folhada indica e descreve a Ponte do Arco;

1982 - Pelo Decreto n.º 28, de 26 de fevereiro, a Ponte do Arco foi considerada Imóvel de Interesse Público;

1986 - Por ser passagem de veículos automóveis a Ponte sofre alguns revezes, ao nível das guardas e pavimento;

2010 - Integração da Ponte do Arco na Rota do Românico;

2015 - Trabalhos de conservação e salvaguarda da Ponte do Arco, no âmbito da Rota do Românico;

2018-2020 - Conservação, salvaguarda e valorização da Ponte do Arco, no âmbito da Rota do Românico, que incluíram o desmonte parcial do arco, tabuleiro e encontros, bem como a reformulação do pavimento do tabuleiro, das guardas e dos muros.

Livre

Monumento acessível, total ou parcialmente, a visitantes com mobilidade reduzida.

visitasrr@valsousa.pt

+351 255 810 706

+351 918 116 488

Como chegar:

41,222143, -8,088117

Rua do Arco, Folhada, Marco de Canaveses, Porto.

Se vem do Norte de Portugal através da A28 (Porto), da A3 (Porto), da A24 (Chaves/Viseu), da A7 (Póvoa de Varzim) ou da A11 (Esposende/Marco de Canaveses) siga na direção da A4 (Bragança/Matosinhos). Saia para o Marco de Canaveses e continue na direção de Baião. Siga a sinalização da Igreja de Tabuado e depois a da Ponte do Arco.

A partir do Porto opte pela A4 (Vila Real). Saia para o Marco de Canaveses e continue para Baião. Saia para Tabuado.

Se vem do Centro ou Sul de Portugal pela A1 (Porto) ou pela A29 (V.N. Gaia) opte pela A41 CREP (Vila Real). Escolha depois a A4 (Vila Real) e saia para o Marco de Canaveses. Continue para Baião. Saia para Tabuado.

Se já se encontra na cidade do Marco de Canaveses, tome a variante à estrada N211 na direção de Baião. Saia para Tabuado e siga a sinalização da Ponte do Arco.